Música dos anos 60,70 e 80

Rotina do semiaberto é "mais difícil", diz advogado do caso Pimenta Neves

05 SET 2013
05 de Setembro de 2013

O criminalista Sergei Arbex Cobra disse nesta quinta-feira (5) que considera "mais difícil" de cumprimento o regime semiaberto que o fechado. Advogado da família da ex-jornalista Sandra Gomide, ele se referiu à decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo dessa terça (4) que favorecerá o jornalista Antonio Marcos Pimenta Neves, preso desde 2011 e condenado pelo assassinato de Sandra, ocorrido em agosto de 2000.

"Acredito que há uma dificuldade maior em se cumprir a pena em regime semiaberto do que em regime fechado. Porque [no semiaberto] o sujeito tem acesso à liberdade e precisa dormir na cadeia –e, se fizer qualquer coisa errada ou se não comparecer à noite, volta para o regime fechado", definiu o advogado.

Neves está preso na Penitenciária de Tremembé, no interior de São Paulo. Com o regime semiaberto, ele poderá trabalhar durante o dia e voltar para a prisão à noite. Ele cumpre uma pena de 14 anos, dez meses e três dias de reclusão por homicídio doloso. Segundo a juíza Sueli Zeraik de Oliveira Armani, que concedeu o beneficio ao jornalista, ele "já implementou o requisito temporal para a progressão de regime prisional e mantém bom comportamento carcerário".

"Todo mundo tem o direito à progressão de pena, isso é constitucional. E ele cometeu o crime em uma época em que o beneficio da progressão considerava um sexto da pena cumprido, agora é dois quintos", observou o advogado.

Para Arbex Cobra, mais que a concessão do regime semiaberto, "o que é desabonador nesse caso é o tempo que o réu levou para ser julgado [11 anos] alguém que se confessava assassino, e não o benefício em si".

Segundo o advogado, os pais de Sandra não sabem da nova decisão judicial relacionada ao caso. "Mas eles já tinham conhecimento de que isso iria acontecer. E qualquer coisa que se fale sobre esse assunto causa neles um sentimento horrível --afinal, perderam uma filha pelas mãos de alguém que, no mesmo dia, havia levado uma cesta de café da manhã para eles. Bastam ouvirem o nome Pimenta Neves que ficam já ficam mal", afirmou Arbex Cobra.

Voltar

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.